Slide

SOBRE

E quem iria imaginar que o nosso primeiro festival não iria existir?

Festival não existe. Não tem como existir. De repente, o mundo que conhecíamos se foi e no tal do "novo normal" não cabe festa. Festival não existe. Mas arte sim. A arte resiste. Subsiste. Pulsa, não importa o quê. E, por causa disso, o Festival Não Existe existe. Nem que seja por dois dias: 27 e 28 de maio de 2021.

Sim, uma live. Mas uma live diferente. Uma live que não existe. Ainda. Com uma programação de mais de doze horas, que resgata artistas pouco lembrados ao mesmo tempo em que celebra novos criadores. Que apresenta shows raros, propõe parcerias inéditas e conversas entre gente que entende do assunto. DJ-sets especiais, sem compromisso com o andamento de uma pista de dança.

Arthur Joly, Marcio Lomiranda, RHR, Vermelho Wonder, Eli Iwasa, Osgemeos, DJ Hum, Guerrinha, Gustavo Keno, Mari Boaventura e Lyz Ventura, Giu Nunez e Maurício Fleury, BADSISTA e Forró Red Light numa mesma programação. Imagine toda essa tribo na Oca, a criação de Oscar Niemeyer no Parque Ibirapuera que não sabe se é museu ou obra de arte.  Por aqui ficamos com as duas definições, e fizemos o possível para filmar e registrar suas curvas à altura (largura e profundidade também), captar o eco da Oca e a alma da performance desses artistas.

Slide DO IBIRAPUERA OCA São Paulo, BRA

Slide Nós sabemos o quanto os mais desamparados precisam da nossa ajuda. É por isso que resolvemos unir forças com o Projeto FIBRA. Um coletivo independente que fortalece o trabalho de mulheres líderes comunitárias que moram e realizam trabalhos em territórios e contextos periféricos.

Veja bem, o Festival Não Existe vai ser totalmente gratuito para você acompanhar. Um presentão, não é mesmo? Então pedimos que fortaleça, se puder, comprando um ingresso solidário.
FESTIVAL NÃO EXISTE INGRESSO SOLIDÁRIO